LAURA YASAN por Rodrigo Briveira

Atualizado: Jan 23

TRADUÇÃO VOLUME 5 NÚMERO 1





Tradução: Rodrigo Briviera


LAURA YASAN (Buenos Aires, em 1960). Publicou os livros de poemas Doble de alma (1995), Cambiar las armas (1997), Loba negra (1999), Cotillón para desesperados (2001), Tráccion a Sangre (2004), Ripio (2007), La llave marilyn (2010), Animal de presa (2011), Safari antología personal (2013), Pietrisco (2014), Pequeñas criaturas de lo incesante (2015), Palabras no, antología personal (2016), Ganado en su ley (2017), Principio de incertidumbre (2018). Ganhou diversos prêmios nacionais e internacionais. Seus poemas foram publicados em diferentes revistas literárias de seu país e no exterior, assim como também em várias antologias. Sua obra foi parcialmente traduzida para o inglês, alemão, francês e italiano. Tem coordenado oficinas de escritura em diferentes unidades penitenciárias, institutos para menores, abrigo de idosos, bibliotecas municipais e em ambientes privados, atividade que exerce até então. Projetou e coordena atualmente o programa de trabalho “Palabra Virtual”, oficinas de criação literária através do e-mail.



revista zunái

© 2020 Revista Zunái

  • Facebook Revista Zunái